Livro Um olhar além do espelho | Girotto Brito


A primeira resenha do blog foi um livro do Girotto e por coincidência é justamente um livro dele que abre a coluna de resenhas aqui no blog este ano. Li Um Olhar Além do Espelho ainda em 2017, e esta resenha já deveria ter saído há tempos MAS como eu sou um ser humaninho lento demais, eu demoro muito tempo pra resenhar um livro direito, então acabo fazendo outros posts aqui no blog que são mais fáceis de serem desenvolvidos... Mas continuando, fiquei impressionada com o primeiro romance do Girotto, li o livro em apenas um dia e as últimas páginas foram lidas em um ritmo de leitura frenético para que eu pudesse saber logo o que aconteceria no final, sinceramente, eu amo livros que fazem isso comigo. Confira a resenha!

- Ficha Técnica - 
Título: Um olhar além do espelho
Lançamento: 2017
Autor: Girotto Brito
Editora: Pará.grafo
Gênero: Romance, Ficção, Psicologia
Página: 72

Sinopse: Neste romance, o protagonista (cujo nome não é revelado) acorda numa sala estranha e descobre estar aprisionado do outro lado do espelho do consultório psiquiátrico onde seu irmão é paciente. Enquanto tenta descobrir um maneira de voltar "ao seu mundo", transita de espelho em espelho e assiste a diversos acontecimentos que no fim da história se mostrarão relevantes para o inusitado desfecho. "Como Brás Cubas", diz o protagonista, "pude ver de algum lugar dentro de mim, através de espelhos, o desfilar do tempo e dos acontecimentos, como num turbilhão de cenas que se sucederam anacronicamente. Pude andar pelos jardins mortos de minhas esperanças, de sala em sala, de espelho em espelho, observando o que acontecia enquanto estava parado diante do meu próprio reflexo." Em "Um olhar além do espelho", Girotto Brito aborda questões psicológicas, sociais e filosóficas de maneira sutil, através de um personagem que narra sua própria história. É um romance curto, envolvente e edificador. 

Nunca li Memórias Póstumas de Brás Cubas porém a fala do personagem (Brás Cubas) citada na sinopse de Um Olhar Além do Espelho resume muito bem o que acontece no livro em questão, onde o protagonista anda de sala em sala em um local desconhecido, e em cada uma das salas há um espelho que por meio destes o personagem pode presenciar acontecimentos que são importantes para o final da trama. Ao andar pelas salas o personagem narra tudo o que sente, e trás à tona as consequências da não aceitação da verdade, do ciúme em demasia, do desespero e da injustiça, que é retratada de forma sutil inúmeras vezes no decorrer do livro. O final é o mais surpreendente, te deixa com uma enorme interrogação a respeito de todos os acontecimentos, se de fato aconteceram ou foram apenas fruto de um delírio que resultou em tragédia. 

É notável a inteligência do escritor em cada parágrafo, o conteúdo do livro trás em si pensamentos importantes das mais diversas áreas do conhecimento como a física, filosofia, sociologia e a psicologia, mostra a linha tênue entre a loucura e a sanidade, o que é certo e o que é errado. Acho que o único defeito que o livro carrega é ser muito curto, eu gostaria muito de saber mais a respeito dos personagens e que a história tivesse um desenvolvimento um pouco mais lento porém a quantidade de páginas que é pouca com relação a maioria dos livros existentes no mercado tem um efeito gigantesco em quem se dispõe a devorar a história.

Como não sei as reais intenções do autor, criei algumas teorias a respeito, entre elas e fato de que tudo talvez seja uma grande metáfora sobre o quanto nós enquanto humanos somos omissos demais em determinadas situações, e ainda que a razão é algo que depende totalmente do ponto de vista pessoal. Um Olhar Além do Espelho virou um dos meus livros favoritos e pretendo lê-lo novamente por que tenho certeza que farei uma análise melhor e encontrarei pontos que passaram despercebidos nessa primeira leitura que foi feita de forma rápida, no mais, não é todo livro que dá vontade de ler de novo e quando acontece é por que é de fato muito bom, está recomendadíssimo!


Fiquei a pensar no inferno em que nosso mundo está se tornando. O inferno cujos demônios são os próprios homens. Nós, como espécie, criamos ao longo de nossa história um estado de conforto que nos permite viver mais, produzir mais e morrer menos, Isso têm gerado, desde o século XVII, um aumento exponencial na taxa do crescimento populacional mundial, de modo que estamos nos proliferando e ocupando cada vez mais espaços que antes eram livres de nossa influência devastadora. Quanto mais homens no planeta, mais alimento precisa ser produzido, mais água precisa ser consumida, mais florestas precisam ser derrubadas para dar espaço aos nossos empreendimentos de sobrevivência e consumo. Estamos infestando nosso lar, pois de hóspedes passamos a parasitas e, como vermes, vamos devorando este corpo vivo que nos provém.

Já conheciam algum dos livros do Girotto? Leriam esse livro? Não esqueça de comentar ♥ Se você se interessou pela obra e quer adquirir, é só entrar no site da editora Pará-grafo, lá você encontra este entre outros livros de autores paraenses. 

Beijos da Mana

Pin It
4

4 comentários:

  1. OI MANAAAAAAAAAAAAAA

    claro que eu leria porque confio e adoron seus pitacos.
    Gostei muito da capa também.E que fofo o autógrafo <3

    beijo
    www.beinghellz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mana tu iria adorar esse book ♥ A história é maravilhosa e te deixa louquissima hahahaha vai por mim!
      Obrigada pela sua visitinha neneim e volte sempre... Beijos

      Excluir
  2. Oii! Nunca li nada dele, nem conhecia. Mas parece bacana! :) Ah, e lembrei de te responder agora sobre quando você tinha perguntado se eu tinha meus livros em formato digital, hahah! Infelizmente, não tenho ainda. Massss estou buscando parcerias com alguns blogs para esse ano (para resenhá-los e etc), então se tiver interesse, pode entrar em contato comigo pelo blog ou pelo whatsapp (51 998500726). <3

    Beijo!
    www.controversos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. entrarei em contato sim lindaaa ♥ e ó se algum dia tiver oportunidade leia o livro do girotto, é muito bom, tanto esse quanto o de contos :)
      Muito obrigada pela sua visitinha e volte sempre!!!

      Excluir