19 de dez de 2017

Livro Deixe a Neve Cair | John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle


Já é o terceiro ano consecutivo que eu leio Deixe a Neve Cair nesta época de final de ano, acho que esta é a última também, no ano que vem vou procurar outro livro temático pra ler por que eu bem sei que há vários. Queria ter feito muito mais resenhas de livros/filmes sobre o natal mas com a correria que é este mês nem deu, mas falando do livro em questão, ele é perfeito pra ler próximo ao Natal, fala principalmente dos milagres e coisas boas que acontecem durante o mês de dezembro ♥ É o tipo de livro que o único objetivo é nos fazer suspirar um pouquinho com os beijos apaixonados e a forma como tudo fica bem no final. Vamos conferir a resenha?

- Ficha Técnica -
Título: Deixe a Neve Cair 
Lançamento: 2013
Autor: John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle
Editora: Rocco
Gênero: Contos
Páginas: 336
Status: Lido em pdf

Sinopse: Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio romântico, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem, mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelante até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com a tristeza da perda do amorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor. Mas os autores bestsellers John Green , Maureen Johnson e Lauren Myracle revelam a surpreendente magia do Natal nestes três hilários e encantadores contos de amor , interligados, com direito a romances, aventuras e beijos de tirar o fôlego.

O livro é dividido em três contos que se interligam de certa forma. A primeira história tem como protagonista Jubileu uma garota que precisa viajar para a cidade dos seus avós na véspera do natal já que seus pais se meteram em uma confusão e sem querer foram parar na cadeia. Porém, o trem que ela está fica preso em uma nevasca na cidade de Gracetown (que é a cidade onde todos os contos se passam). A pior parte de tudo é que ela terá que passar o Natal longe do namorado e principalmente que eles não poderão comemorar o aniversário de namoro juntos, porém ela não contava que tudo estava acontecendo para ensiná-la uma lição e fazê-la refletir a respeito do relacionamento que estava vivendo, e afirmo com muita veracidade que a lição aprendida é também muito importante para nós leitores.

O segundo conto é sobre Tobin e seus amigos, JP e Duke (uma garota), que encaram uma nevasca para levarem um twister para uma Waffle House para que os garotos possam se divertir com umas líderes de torcida. Porém no meio da correria toda pra chegar até lá, Tobin e Duke percebem que estavam fugindo do que sentiam um pelo outro. E percebem que não devem desistir de viverem algo bom juntos por conta da incerteza de um final feliz, o que é outra lição bem bacana para ser aprendida sobre relacionamentos. E por último, o conto que tem como protagonista Addie, uma garota que terminou um namoro recentemente para o bem dela e do namorado, mas que pra variar ainda se amam muito. E acho que a melhor frase pra definir a lição que ela aprende é "não é por que alguém não te ama do jeito que você quer, que essa pessoa não te ama com tudo o que pode", acho que este último conto é o melhor de todos.

Vou contar uma coisa pra vocês, nem sei como consegui ler esse livro por três anos consecutivos, é um livro bom, se fosse ruim eu não repetiria a dose, mas não é algo tão extraordinário que te faça querer colocar na sua lista de livros favoritos. Achei as lições de todos os contos bem válidas mas sempre que releio fico incomodadíssima com o segundo conto por motivos que nem explicar direito. Tirando isso, é um livro divertido, a leitura é leve e você leva poucos dias pra terminar (geralmente leio ele em três dias). E o mais legal de tudo é que como o cenário é todo construído nesse clima de natal, é bem gostoso imaginar a trama acontecendo ♥ E ainda nem mencionei o fato de que achei genial três autores se juntarem pra escreverem um livro, com três contos diferentes mas que se interligam de forma muito harmoniosa no final, é sério, é muito adorável. Recomendo principalmente pra quem gosta de leituras temáticas, contos e/ou leituras leves que não exijam muito do leitor, o ritmo de leitura pode se tornar lento em algumas partes mas nada que incomode, e eu duvido você terminar o livro sem querer ter um mini porco ♥ Confira abaixo alguns trechos bacanas:

Sei que Jubileu é meio que um nome de stripper. Você provavelmente acha que eu recebi o chamado do pole. Mas não. Se me visse, perceberia rapidinho que não sou uma stripper (eu acho). (…) Jogo hóquei sobre a grama, o qual não requer a graça do rebolado e do corpo besuntado em óleo, que é a marca registrada de uma stripper. (Não tenho nada contra strippers, caso alguma esteja lendo isto. Simplesmente não sou uma. Minha maior preocupação, no que diz respeito ao striptease, é o látex. Acho que látex deve fazer mal à pele porque não a deixa respirar.)
Debbie precisou se levantar e me servir uma fatia grossa de bolo antes de responder. E digo grossa de verdade. Tipo o sétimo livro do Harry Potter. Eu conseguiria derrubar um assaltante com aquela fatia de bolo.
- Eu sou uma menina – disse Duke. – Não é gay eu me sentir atraída por homens. Agora, se eu dissesse que você tem um corpo gostoso, isso seria gay, porque você tem o físico de uma dama.

Gostaram da resenha de hoje? Leriam este livro? Não saia sem comentar, adoro saber a sua opinião... Quer sugerir um tema de post para este blog? É simples. Basta clicar ali em cima na aba CONTATO e preencher o nosso formulário, vou adorar ler e atender as suas sugestões.

Beijos da Mana

Nenhum comentário:

Postar um comentário