+ gratidão por favor

E se você acordasse amanhã somente com as coisas pelas quais você agradeceu hoje?


Foto / Unsplash

Lembro como se fosse hoje do dia em que estava dando aquela olhadinha nas minhas redes sociais e me deparei com esta frase em um post... Lembro também que tirei alguns minutos pra pensar a respeito da palavra gratidão e resolvi levar a frase ao pé da letra, tentei contar quantos obrigados eu já havia proferido ou pelo menos pensado naquela manhã, cheguei a conclusão de que já eram quase dez horas e eu não havia agradecido por nada. Então, num impulso comecei agradecer por algumas coisas mas após alguns segundos eu simplesmente parei, por que refleti que se eu não tivesse olhado aquela frase eu provavelmente não estaria agradecendo naquele momento, ou seja, a atitude de gratidão deveria ser espontânea, coisa que não estava sendo naquela ocasião.

Resolvi dar continuidade as minhas tarefas diárias, deixei meu local de trabalho, fui almoçar, voltei do almoço, trabalhei o restante do dia, cheguei em casa exausta as 19:00 horas mas ainda assim arrumei coragem pra fazer alguma coisa na rua afinal era sexta-feira, eu tinha que aproveitar o começo do final de semana. Ao retornar e já no começo da madrugada ao me acomodar em minha cama, relembrei a tal frase do post e voltei a reflexão anterior... Me perguntei: Eu agradeci em algum momento neste dia que passou? Pensei. E a resposta foi não, em nenhum momento proferi um único obrigado, não daqueles de verdade, que aquecem a alma, vindos do coração. Passei um dia inteiro sem agradecer por nada, então não amanheceria com nada no outro dia, assustador não é?

Se as palavras descritas na frase realmente se concretizassem, na segunda-feira seguinte eu não iria trabalhar pois não agradeci por ter um emprego, provavelmente sairia a procura de trabalho com o estomago vazio pois não havia agradecido pelo café quentinho que tomo todas as manhãs com pão, queijo, ovos, uma fruta ou quem sabe um suco. Talvez nem conseguisse sair de casa afinal nunca agradeci pelas forças que eu tenho todos os dias para enfrentar uma rotina exaustiva e nem pela minha saúde que mesmo sendo frágil, nunca me faltou. Se no outro dia eu ficasse doente, teria que me virar sozinha afinal nunca agradeci aqueles que gentilmente cuidam de mim quando eu mais preciso ou sequer teria dinheiro para comprar medicamentos afinal tenho em meu ego que ganho dinheiro com o MEU suor que nunca parei pra agradecer ao que quer que seja por este recurso que me é proporcionado.

Provavelmente da janela do meu quarto eu veria um cenário sombrio e sem vida por que nem mesmo a paisagem que vejo pela minha janela todos os dias inspirou qualquer tipo de gratidão. Se eu fosse listar todas as coisas pelas quais eu não agradeci naquele dia, chegaria a conclusão de que nem a vida que porventura me foi dada seria poupada, mas tirada de mim sem aviso prévio. E percebi que no decorrer dos dias a gente só perde tempo agradecendo quando estamos culpados, como uma forma de compensação quando nos livramos de algo que realmente traria para as nossas vidas um estrago significante e por vezes fazemos isso da boca pra fora, de forma mecânica, por que nem sempre o sentimento de gratidão atinge os nossos corações. Muito mais do que agradecer, SER grato, é isso que de fato faz diferença...

Caro leitor, eu já passei por muita coisa em minha vida, problemas diversos, ás vezes tenho a tendencia a achar que tenho sorte no azar, mas quer saber, passei desde o dia em questão a me conscientizar de que DEVO agradecer, todos os dias, sempre que possível, até pelas coisas bobas, pois por mais que eu não ande com coisas caras eu nunca fiquei sem roupas ou sapatos, por mais que eu não tenha dinheiro pra comprar tudo o que eu quero, tenho recursos pra comprar aquilo que necessito e também por que no meio de tantos problemas e situações tristes que tenho vivenciado não me faltaram oportunidades para que eu pudesse me levantar. Não sei como é a sua vida, mas seja grato por ela, agradeça a Deus, as suas divindades, as forças cósmicas ou o que quer que você acredite e caso não acredite em nada, agradeça ao acaso por tudo, por que por mais ruim que a vida seja, sempre tem alguém vivendo algo pior. Que sejamos mais gratos!

Beijos da Mana

Pin It
4

4 comentários:

  1. Cara, que tapa na minha cara!
    Eu sempre fui uma pessoa de "muito obrigada", mas sempre foi pra coisas básicas do dia a dia, sabe? Nunca por algo realmente importante, que eu deveria parar cinco segundinhos pra pensar em como é incrível eu ter aquilo, vivenciar tal momento, etc.

    Sou agnóstica, então essa frase do finalzinho do texto me deixou com o coração quentinho. Senti que, por mais que eu não acredite em nada, tenho todo o direito de me incluir nessas paradas, né? E, sinceramente, espero começar hoje a ser uma pessoa mais grata.

    Beijão!
    literarizandomomentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que amor ♥ fico muito feliz que o post a tenha alcançado de forma a despertar o desejo pra ter uma atitude mais constante de gratidão :) ganhei meu Dia... sou muito grata pela sua visitinha hoje aqui ♥

      Excluir
  2. Marcelle, concordo com você. Temos de agradecer sempre, mesmo que pelos motivos mais "simples", por assim dizer. :)

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obrigada por vir sempre aqui no blog :) beijos

      Excluir