Seafret | Minhas 5 músicas favoritas

Foto / Reprodução

Sabe aquele cantor/banda que tu conhece aleatoriamente no youtube, se apaixona loucamente e simplesmente não consegue parar de escutar? Se não me falha a memória eu conheci Seafret mais ou menos em janeiro/fevereiro deste ano, lembro que estávamos no período chuvoso e era simplesmente muito gostosinho fazer qualquer coisa escutando a  dupla. Desde então eu continuo muito, muito, muito apaixonada e vocês não tem noção da quantidade de posts e fotos que já foram editados ao som deles ♥ Pra você que não conhece:

Seafret é uma dupla formada por Jack Sedman (cantor) e Harry Drapper (guitarrista) que atuam no cenário alternativo da música britânica (já falei que amo sotaque britânico?). Eles se conheceram em um bar, em uma daquelas noites de microfone aberto e após as suas apresentações resolveram se juntar, o nome Seafret é um trocadilho pra lembrar a névoa que aparece no Mar do Norte no verão (SEA) e fretboard (FRET) que é como é chamado o braço da guitarra em inglês. A dupla existe desde 2014, ou seja, ainda podemos considerar como algo novo no mundo da música.

Seafret definitivamente me conquistou, gosto da simplicidade dos arranjos, o vocal é maravilhoso e eles tem essa pegada de rock alternativo/indie que é algo que eu simplesmente adoro, fora que as letras das músicas são lindas e o conjunto de tudo isso remete a muita paz e calmaria ♥ Um amorzinho! Vamos conferir as minhas 5 músicas favoritas deles? Não foi muito fácil escolher não ó...

1




Esse foi o clipe que fez eu conhecer a banda, e pasmem, olha quem está nele, simplesmente a Maisie Williams (Arya Stark de Game of Thrones). A música fala sobre querer alguém e não poder ter, das barreiras que a gente mesmo coloca entre a gente e os outros.

2




Eu simplesmente amo assistir esse vídeo clipe, é tão, como posso dizer? Amorzinho ♥ A ideia do clipe surgiu de um experimento proposto por um psicólogo norte-americano (Arthur Aron) em 1937, e mostra como fazer duas pessoas se apaixonarem: 36 perguntas reveladoras seguidas de contato visual por 4 minutos. Eles reproduziram o experimento e o resultado é muito encantador... Dá uma espiada na tradução de um trecho da música: Eu precisava da luz do sol na escuridão, agora eu sei que eu sou o combustível e ela é a faísca, somos destinados ao coração um do outro.

3




Toda vez que eu escuto Atlantis me dá vontade de chorar, a música fala de coisas que acabaram, relacionamentos que não podem ser salvos, coisas que não podem se tornar o que eram antes. Tradução de um trecho da música: Eu não posso nos salvar minha Atlantis, estamos caindo, construímos esta cidade em um terreno movediço [...] Agora todos os pássaros fugiram, a dor apenas me deixa assustado, perdi tudo o que já conheci, tudo se tornou demais, talvez eu não tenho sido feito para amar.

4




Não consigo descrever o que eu sinto quando escuto essa música, que vozes mais lindas meu Deus do céu, já falei pra vocês que eu amo duetos? Principalmente quando é entre um homem e uma mulher e é desse jeitinho aí, bem suave... 

5




Que fotografia mais maravilhosa é essa desse clipe hein?

Gostaram da indicação de hoje? Não esqueça de comentar, adoro saber a opinião de vocês! Quer sugerir um tema de post para este blog? É simples! Basta clicar na aba CONTATO ali em cima e preencher o formulário, vou adorar ler e atender as sugestões de vocês ♥

Beijos da Mana 

Pin It
2

2 comentários:

  1. Não conhecia a dupla, mas não é que curti? Achei bem bacana!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo essa dupla ♥ Fico feliz que tenha gostado :)
      Obrigada pela sua visitinha ♥ volte sempre!

      Excluir