16 de mai de 2018

2# Diário da cacheada | Cortar o cabelo as vezes é necessário


Olá manos e manas, tudo bacon vocês?

Faz um pouquinho mais de um mês que eu resolvi começar o diário da cacheada aqui no blog, cuja intenção é mostrar as minhas reflexões a respeito de tudo o que envolve o processo de crescimento e a aceitação da forma natural do meu cabelo, bem como tudo o que ando aprendendo que me leva a cuidar dos meus fios com mais qualidade. E falando em cuidar do cabelo com qualidade, há alguns dias eu meti na minha cabeça que precisava cortar o cabelo e fui lá e fiz, como forma de reforçar mais uma vez pra mim a ideia do quanto cortar o cabelo as vezes é importante.

- Mas Marcelle, tu não disse no primeiro post deste diário que iria deixar o cabelo crescer?

Eu disse e realmente estou fazendo isso, e é aí que entra a lição, nem sempre um corte tem a ver com a quantidade em centímetros que você deixa no chão do salão, mas sim em dar forma aquilo que emoldura seu rosto - seu cabelo! Eu sempre associei o ato de cortar o cabelo com as minhas mudanças bruscas de estilo (e até de identidade), e acho que esta foi a primeira vez em que decidi cortar pra melhorar algo que já existe e não pra modificar (o que é algo que fala bastante sobre o meu estado de espírito atual e a pessoa que eu tenho sido nos últimos meses). 


Eis o que acontece quando você faz química (alisamento) por muito tempo, os primeiros centímetros do cabelo tem uma tendência a nascerem sem forma e ressecados, o famoso Scab Hair (ainda vou fazer um post somente sobre ele aqui no blog). E tem mais um detalhe especial, devido eu ter raspado, além do meu cabelo estar crescendo de forma desordenada, sem corte, a ponta dele estava grossa. Tudo isso vinha me incomodando um pouco mas eu teimava que não ia cortar por que "estava deixando crescer". Foi então que eu fui acompanhar uma amiga no salão e lá o cabeleireiro me explicou que mesmo que eu não fosse fazer nada revolucionário, era interessante eu dar uma forma ao meu cabelo para que ele pudesse crescer não de qualquer jeito (como estava acontecendo até então), mas com uma identidade.

Após cortar eu percebi que um corte pra deixar o cabelo "organizado" faz toda a diferença, por mais que ele esteja curto, eu estava tomando um pouquinho de tempo a mais pra arrumar nos últimos dois meses por que principalmente a parte de trás e essa do lado (que eu coloco atrás da orelha) nunca ficavam do jeito que eu queria. E é muito louco ver que uma simples bobagem muda tudo, desde então voltei a somente passar o creme e repartir do lado e deixar que a natureza faça o resto, afinal praticidade é algo que gostamos muito né amores? Uma cortadinha aqui e ali deixou o cabelo mais harmônico e proporcional.


Inclusive queria abrir este parágrafo pra falar do atendimento do salão Beauty Care aqui em Bragança-Pará, quando comecei todo esse processo de me aceitar e deixar pra trás o alisamento e também por conta da minha última experiência em salão (que foi péssima), não achei que pisaria em um salão tão cedo, mas eu senti tanta segurança nas palavras do cabeleireiro do estabelecimento que resolvi apostar e não me arrependi... E é isso que eu tenho a dizer hoje, cortar o cabelo não é um bicho de sete cabeças, e uns centímetros a menos nunca são sinônimo de retrocesso em se tratando do processo de crescimento capilar ♥

Vocês tem pena de cortar o cabelo ou são iguais eu, uma metamorfose ambulante? Não saiam sem comentar, vou adorar saber as suas opiniões... Quer sugerir um tema de post para este blog? É simples, basta clicar ali em cima na aba CONTATO e preencher o nosso formulário, será uma satisfação ler e atender a sua sugestão ♥

Beijo da Mana dos Pitacos 

14 de mai de 2018

5/18 metas concluídas

Foto / Jason Blackeye 

Olá manos e manas, tudo bacon vocês?

Logo no começo do ano eu compartilhei com vocês a minha lista de metas para 2018, lembram que eu prometi que assim que eu cumprisse os primeiros cinco itens eu viria aqui falar pra vocês os detalhes? Pois é meu povo, esse dia chegou! Estou muito contente por que estou fazendo o possível para que até o final do ano eu possa cumprir toda a lista, o que eu realmente espero que aconteça ♥ Vamos saber mais detalhes e quais itens eu já cumpri? Confira!

Terminar algum treinamento da empresa onde trabalho - No dia 01 de fevereiro concluí essa meta e fiquei tão feliz mas tão feliz que a pequena conquista rendeu post em tudo quanto que é rede social e pra variar mostrei o certificado pra o maior número de pessoas possível. Fiquei muito feliz por que havia perdido dois treinamentos e tive que dar muito duro para concluir este e consegui, o que me rendeu o cargo de professora na empresa, com direito a dar aula a quatro turmas de crianças, estou muito contente ♥

Mudar o layout do blog - Quem entrou aqui no dia 18 de abril percebeu que havia algo diferente, o blog não estava mais com o típico rosa e azul, no lugar tinha um layout todo clean ♥ Eu estava ansiando por essa mudança e o meu prazo para realizar era até o dia primeiro de maio, e eu consegui, estou bem mais satisfeita com a aparência do blog, o que é algo essencial para que eu tenha inspiração para estar sempre escrevendo posts aqui ♥

Fazer algo especial para as leitoras no niver do blog - Eu confesso que estou dando esta meta por concluída mas eu queria muito ter feito mais do que eu fiz (aquelas perfeccionistas). Em comemoração ao primeiro aninho do blog eu fiz um sorteio super fofo no meu Instagram em parceria com a Lindux Cosméticos, queria ter feito tipo uma festinha mas devido eu estar sem tempo pra organizar, infelizmente não deu :( Mas esse plano tá guardadinho aqui na minha memória e irei realizá-lo assim que possível, mesmo o niver do blog tendo passado ♥

Comprar minha câmera - Os primeiros dias de maio me trouxeram a conquista de algo que eu sonhava há anos, enfim comprei a minha câmera própria, não vejo a hora dela chegar e eu poder gravar vários vídeos legais pro canal ♥ Bem como poderei ganhar uma renda extra fazendo alguns freelas de fotógrafa por aí, algo que antes eu não pensava muito na possibilidade mas que nos últimos dias mudei meu pensamento a respeito, tô animadíssima!

Comer nutella - Pra completar essa lista resolvi enfim cumprir a meta mais nutella dessa lista de metas estilo raiz, eita! Fui ao supermercado e comprei uma nutella pequena que me custou $9 (desconfio que tem ouro nesse potinho), cheguei em casa, abri a nutella e... Me decepcionei! Eu esperava algo com um sabor diferente, mais saboroso, nem sei explicar, mas valeu muito a experiência de experimentação, afinal se eu nunca provasse, jamais saberia se eu ia gostar ou não ♥

Como está o cumprimento das metas de vocês? Está devagar igual as minhas? Ou vocês já cumpriram tudo? Não saia sem comentar, vou amar bater um papo com vocês pelos comentários... Quer sugerir um tema de post para este blog? É simples, basta clicar ali em cima na aba CONTATO e preencher o nosso formulário, vou adorar ler e atender a sua sugestão ♥

Beijos da Mana dos Pitacos 

11 de mai de 2018

Fico sem graça quando…

Foto / Artur Rutkowski 

Olá manos a manas, tudo bacon vocês?

São poucas as coisas hoje em dia que me deixam sem graça, porém nem sempre foi assim, eu já fiz parte daquele seleto grupo de pessoas que tem vergonha de tudo. Não sei em que momento da minha vida eu fiquei tão pra frente, mas sou muito grata por esta mudança. No post de hoje eu vou citar algumas coisas que me deixam um pouco sem graça, cuja reação é só nos primeiros dois minutos, confira!

Quando alguém chama a minha atenção ou briga comigo em público - Se tem algo que me deixa muito sem graça é quando chamam minha atenção em público, sou da premissa de que se temos algo a resolver devemos fazer tudo em off, agora assim, se brigar comigo em público tem que enfrentar minha raiva em público também, não sou de fazer barraco (inclusive acho feio), eu fico sem graça por dois minutos e depois faço o outro passar uma vergonha pior, e pra isso não precisa de tapas ou gritos, é só falar as coisas certas!

Quando não lembro o nome das pessoas - Tem gente que apesar da gente falar todo dia, a gente acaba não pronunciando o nome da pessoa com bastante frequência e em determinados momentos a gente acaba esquecendo e lembrando somente alguns minutos depois, é normal. Mas eu fico muito sem graça quando não lembro, por que fico puta quando não lembram meu nome então é meio que minha obrigação não fazer o mesmo com os outros, fora que se a pessoa percebe que a gente não tá lembrando parece que a pessoa não é importante, enfim...

Quando derrubo coisas em restaurantes/eventos - Eu sou muito estabanada, então eu tento ter o dobro de atenção quando estou em determinados eventos e/ou locais pra não tropeçar em nada, não derrubar nada, não fazer nenhuma baguncinha. Raramente acontece de eu cometer uma gafe dessas por que sou muito cuidadosa MAS quando acontece, fico sem graça de verdade porém mantenho a pose e peço pra algum garçom ou qualquer pessoa próxima me ajudar a resolver o problema. Abstrair e fingir demência na maioria dos casos funciona.

Quando fico estressada e desconto em alguém sem querer - Eu não gosto de levar os meus problemas pra fora do meu quarto, tanto que nunca desconto meu estresse em amigo, família, marido (ex), colegas de trabalho, ninguém... Mas pelo menos uma vez no ano acontece aquele dia que o seu nível de estresse está alto e quando você menos percebeu você olhou pra alguém feio ou falou algo que não deveria, quando eu percebo que fiz isso eu me sinto muito sem graça de falar com a pessoa depois e sempre no meio dessa vergoninha eu acabo pedindo desculpas por que não gosto de tratar ninguém mal por conta de coisas que nem são culpa delas.

Quando eu percebo que tem alguém me encarando - Estou em um lugar e percebo que tem alguém me encarando, aí eu olho em outra direção toda sem graça, aí minutos depois sem querer dou de cara com a pessoa de novo e ela está lá me olhando daquele jeitão, eu continuo sem graça? Não! Olho pra pessoa com uma cara de pare com isso, na maioria das vezes resolve o problema. Como não estar comprometida é algo novo pra mim, acho que pra eu ficar trocando olhares com alguém só se eu tiver muito interessada, o que ainda não me ocorreu.

Quando me surpreendem - Surpresas de aniversário, abraços que eu não estava esperando de pessoas que eu não estava esperando, palavras que saem das bocas das pessoas em momentos e situações inapropriadas e me surpreender me fazem ficar um pouco sem graça, apesar de amar ser surpreendida, quando a surpresa chega no momento errado e vindo da pessoa errada, eu posso ficar mais sem graça do que feliz.

E vocês, quais são as coisas que podem acontecer no dia-a-dia que fazem com vocês fiquem sem graça? Não saia sem comentar, a sua opinião é muito importante ♥ Quer sugerir um tema de post para este blog? É simples, basta clicar ali em cima na aba CONTATO e preencher o nosso formulário, vou adorar ler e atender a sua sugestão...

Beijo da Mana dos Pitacos