Conheçam a Caroline Waschburger


Há alguns dias o blog Pitacos da Mana selou a primeira parceria de 2018 com a autora Caroline Waschburger. Desde o começo fiquei encantada com o super talento que a Caroline tem, vocês acreditam que ela tem apenas 18 aninhos e já escreveu quatro livros? Mas o que mais me deixou impressionada, foi o fato de que quando ela publicou o primeiro livro dela (O Quadro da Moldura Vermelha), ela tinha apenas 12 anos de idade... Como queria muito apresentá-la pra vocês, resolvi fazer uma pequena entrevista com a Caroline, espero que gostem de conhecê-la!

Eu - Olá Carol, antes de começarmos a nossa pequena entrevista, gostaria que você se apresentasse para os leitores do Pitacos da Mana...
Caroline - Meu nome é Caroline Waschburger Silva, tenho 18 anos e sou estudante de jornalismo. Atualmente, faço estágio em uma agência experimental de comunicação como mídias digitais e assessoria de imprensa e uso meu tempo livre pra criar e escrever no blog. Ando meio travada na escrita e o blog têm sido uma forma de liberar minha criatividade aos poucos. Publiquei meu primeiro livro aos 12 anos, e depois dele, passei a fazer palestras em escolas como incentivo à leitura e escrita e para divulgar meu trabalho.

Eu - Quantos livros você já escreveu? Pode nos contar um pouquinho sobre cada um deles?
Caroline - Ao todo são 4. O Quadro da Moldura Vermelha foi o primeiro, e é um suspense infantil. Conta a história de uma menina que se muda com os pais para uma casa antiga onde várias coisas começam a acontecer com ela, até que, por fim, ela descobre que dois fantasmas estão tentando entrar em contato com ela. Depois, lancei Luke, com 13 anos. Esse também é infantil e conta a história de um cãozinho que vive nas ruas de Nova York. A história mostra vários dos "perrengues" pelos quais ele passa, desde maus tratos até os perigos que outros cães podem oferecer. Ele está em busca de carinho e uma família, e no meio da sua jornada, acaba encontrando uma amiga. A Escolhida lancei quando tinha 14. Esse é mais infanto-juvenil e conta a história da Kattie que, ao viajar com os pais, pega no sono e acorda sozinha em um mundo paralelo ao seu. Ela precisa descobrir o que aconteceu com os pais dela e por que ela está ali, e pra isso, vai ter a ajuda dos guardiões da floresta. Quando eu publiquei A Sombra do Terceiro Anjo eu já tinha 16. Ele é sobre Nicole que já tem seu destino traçado, mas ela não sabe. Em todas as suas reencarnações, ela deverá se encontrar com o filho do terceiro anjo a ser expulso dos céus, no princípio. Porém, Evan foi amaldiçoado pelos feitos de seu pai, e toda vez que encontra o amor da sua vida, está destinado a matá-lo. 

Eu - O que mais me impressiona é que você começou lançar livros muito jovem, li no seu blog que houve uma pessoa que te incentivou bastante, pode me falar um pouco sobre isso?
Caroline - Meu avô sempre me contou muitas histórias quando eu era pequena. Geralmente, eram histórias que ele mesmo inventava. Meus pais também sempre me incentivavam comprando e lendo livrinhos pra mim, tinha histórias que cheguei a decorar. Depois que aprendi ler, comecei gostar ainda mais e desenvolvi, graças a essas pessoas, um grande prazer em contar minhas próprias histórias também. Foi assim que comecei a escrever, depois de ler bastante e ouvir muitas histórias.

Eu - Você disse que está escrevendo um livro novo, como está o andamento desse projeto?
Caroline - Siim! Eu tô tentando, embora me sinta um pouco "travada" desde a última publicação, que foi em 2015. Já escrevi algumas páginas desse novo no ano passado, e ainda não sei se quero continuar no rumo que pretendia dar para a história. Estou lendo bastante para me incentivar novamente e buscando ideias, mas por enquanto, estou bem no começo. 

Eu - Além da escrita quais outras atividades você gosta de fazer cotidianamente?
Caroline - Eu amo ler e assistir séries e filmes. Fora isso, também gosto muito de escrever no blog e sou apaixonada por viagens.

Eu - Falando no blog, nos conte um pouquinho como surgiu e os temas que você aborda por lá...
Caroline - Abordo desde livros até os assuntos mais variados. Publico textos, dou dicas, adoro escrever sobre qualquer coisa. Criei ele em junho de 2017, depois de passar um tempo longe da blogosfera, mas nomeei ele igual ao meu antigo blog. Controvérsias significa discussão, divergência de opiniões, e decidi usar ele porque sei que nossas opiniões mudam frequentemente e nem sempre concordamos em tudo. Mantive o blog ativo por junho e julho, até começarem as aulas da faculdade, aí parei um pouco e retornei com “força total” em dezembro. Agora, estamos aqui pra ficar. 

Eu - Pra finalizar gostaria que você deixasse aquela mensagem especial para os nossos leitores, principalmente para aqueles que sonham em publicar livros algum dia...
Caroline - Nunca desistam do sonho da escrita e de compartilhar seus pensamentos com o mundo. Às vezes é complicado, mas vale a pena quando a gente segura nosso livro nas mãos pela primeira vez ❤ Enviem pra quantas editoras conseguirem e jamais desistam no primeiro não. Levem sempre as críticas como construtivas e lembrem que tudo tem um motivo. No final, vai valer a pena!


Em breve teremos as resenhas dos livros da Caroline aqui no blog, fiquem atentos para não perderem! Não esqueçam de visitar o blog da Carol, o Controvérsias, tenho certeza que vocês vão adorar acompanhar o conteúdo dela também ♥ Gostaram do post de hoje? Querem ver mais entrevistas por aqui? Não saia sem comentar, adoro saber a sua opinião...

Beijos da Mana

Pin It
6

5 motivos pra você não dormir maquiada nunca mais

Foto / Annie Spratt 

Se há alguma mulher presente que nunca dormiu de maquiagem, que atire a primeira pedra... Salvo raras exceções a maioria de nós já fez isso, mas sabiam que esse é o maior pecado que nós podemos cometer contra a pele dos nossos rostos? Eu sei que nem sempre é fácil chegar de madrugada, cansada e ter disposição para fazer todo o processo de retirar a maquiagem, afinal nessas ocasiões só o fato de pensar que há coisas que nós ainda precisamos fazer antes de deitar, deixa a gente com mais cansaço ainda, e a verdade é que maltratamos a nossa pele por não nos dispormos a aguentar um pouquinho mais, afinal quanto tempo leva pra passar um demaquilante no rosto, uns 3 minutinhos? Após os motivos que eu vou citar neste post, creio que muita gente vai repensar antes de dormir maquiada novamente... Vamos conferir?

Você pode acordar no outro dia com a sensação de dormência e inchaço no rosto


E isso acontece por que a sua pele não respirou corretamente por algumas horas. Quando deixamos a maquiagem no rosto por mais tempo que o normal (que é de 8 a 12 horas) os produtos tapam os poros fazendo com que a pele não respire direito e reponha os seus nutrientes, o que pode ocasionar posteriormente em algum tipo de desordem como o aumento da oleosidade de forma considerável, o ressecamento excessivo da pele (para aquelas que como eu já tem a pele seca normalmente) ou o aparecimento/aumento da acne.

A sua pele pode envelhecer de forma precoce


Aos 30 anos você vai querer que a sua pele do rosto seja como? A partir dos 30 nós passamos a ter a pele que merecemos, ou seja, a pele do nosso rosto passa mostrar as consequências dos cuidados dos anos anteriores. Se cuidamos hoje, aumentamos no amanhã a vivacidade da pele quando o nosso organismo por si só começar falhar. Cada vez que deixamos a maquiagem no rosto de forma desnecessária e ela não respira, a pele perde um pouco da viscosidade e do brilho, por consequência a pele começa envelhecer de forma precoce, coisas que você pode até não perceber agora mas vai desejar ter tido um pouco mais cuidado daqui há alguns anos. Para aquelas que já tem a pele madura, o envelhecimento fica muito mais evidente através das marcas de expressão que se tornam mais marcadas.

Os seus cílios ficam frágeis e quebram


Se você gosta de maquiagem tenho certeza que adora cílios longos, com bastante volume e curvados. Mas a máscara de cílios que deixamos de retirar faz com que os nossos cílios fiquem frágeis e caiam, se você tem o costume de dormir de make me diga: Os seus cílios são da mesma forma como eram há tempo atrás quando você usava menos maquiagem? Se a resposta for não, você já sabe exatamente o por quê.

Você corre o risco de adquirir algumas coisinhas indesejáveis


Manchas na pele por exemplo, que é o menor dos problemas. Mas já que o objetivo aqui é alertar, entre as consequências mais graves estão as dermatites de contato, alergias, lesões na pele e irritações nos olhos. Eu já mencionei a proliferação de bactérias? Dependendo da quantidade de tempo em que você permanece maquiada, os produtos colocados em cima da pele acabam armazenando poeira, suor e sujeiras em geral, e se você não higienizar corretamente em um momento ou outro pode ocasionar em uma infecção nos poros. Cuidado!

Vai chegar um momento em que a maquiagem não vai conseguir esconder os problemas existentes na pele


O principal passo para que a sua maquiagem seja bonita, é ter uma pele bonita, e isso só é possível com cuidados diários com produtos que melhor se adequam ao seu tipo de pele, e não precisa ter milhões de cremes não, você precisa acima de tudo de um demaquilante e um hidratante, se puder invista em um creme de limpeza e um tônico (existem produtos que já são os dois juntos) mas não se esqueça: Utilize-os! Não retire a sua maquiagem apenas com água, ela não é suficiente pra retirar toda a poluição a que somos submetidas todos os dias, algo que vai muito além da maquiagem, por mais que você ache que está tudo certo no hoje, que não precisa, não espere as consequências aparecerem, cuide hoje da mulher que você será amanhã ♥

Vamos recapitular?

Estou preparando uma série de posts sobre cuidados em geral, pra incentivar mais mulheres a cuidarem mais de si mesmas e consequentemente amarem muito mais a imagem refletida no espelho ♥ Vocês vão acompanhar? Gostaram do post de hoje? As dicas foram úteis pra você? Quer sugerir um tema de post aqui pro blog? É simples, basta clicar ali em cima na aba CONTATO e preencher o nosso formulário, vou adorar ler e atender a sua sugestão...

Beijos da Mana 

Pin It
0

Meus seriados preferidos

Foto / Avi Richards 

Entre escolher assistir um filme e uma série, eu prefiro ver a série ♥ Confesso que sou viciada, e não iria achar nadinha ruim a Netflix me contratar pra ser um dos Taggers deles, eu ia amar... Meu caso com as séries é bem antigo e complicado, se eu começo assistir uma eu já fico desesperada querendo maratonar pra saber o final, e eu ainda nem mencionei a minha lista de séries pra assistir, que está tão longa que nem sei como vou fazer pra assistir tudo. No post de hoje eu vou citar cinco séries que eu assisti e que são as minhas favoritas de todos os tempos, o bom é que elas já ficam de indicação pra você que adora assistir séries tanto quanto eu. Confira!

1 - Dexter



Sinopse: Dexter Morgan (Michael C. Hall) é adotado aos três anos de idade por Harry Morgan (James Remar) e Doris (Kathrin Middleton), depois de ter se tornado órfão. Após detectar sua tendência homicida, o pai de Dexter decide ensinar a ele um código no intuito de canalizar a raiva do filho para situações mais propícias à violência. Nesta nova lógica, Dexter deve matar apenas assassinos de pessoas inocentes com a condição de provar sua culpa. Ele inicia o desenvolvimento de diversas estratégias usando seu conhecimento e a experiência para realizar sua nova função.

Um serial killer que mata outros serial killers como personagem principal, tem como essa série não ser de tirar o fôlego? Já mencionei que o roteiro da série é super original? Acho que das séries de investigação/policial que eu já assisti essa é de longe a melhor (ao meu ver), por que um assassino que tem conhecimento policial de como manipular cenas de crime e não deixar marcas e está infiltrado dentro da polícia, é definitivamente uma super sacada. A série já foi finalizada (não estão lançando mais episódios) porém até o momento eu só assisti até a terceira temporada (ao todo são oito), e vou confessar, sou super apaixonada pelo Dexter, me julguem!

2 - The Big Band Theory



Sinopse: Leonard e Sheldon podem lhe dizer tudo o que você quiser saber sobre física quântica. Mas eles não seriam capazes de lhe dizer nada sobre a vida "real", as relações diárias ou humanas... Mas tudo vai mudar com a chegada da bela vizinha Penny, uma garçonete candidata a atriz que movimentará o grupo de amigos, que conta ainda com as presenças de Howard e Raj, um indiano que não consegue falar com mulheres.

Pra mim TBBT é a melhor série de comédia que já foi lançada, é muito amor envolvido mesmo ♥ Não tem como não se apegar a cada um dos personagens, são todos maravilhosos, fora que se existe algo melhor do que o humor inteligente eu desconheço, e a série é cheia de referências nerds bem humoradas. Mas o que torna a série especial é o fato de que até aqueles que não são muito ávidos ao conhecimento conseguem acompanhar e gostar na mesma medida. Eu assisti até a quinta temporada até o momento (ao todo são 11) mas super recomendo por que a série é muito boa e nos rende muitas risadas!

3 - Skins



Sinopse: Com pouca supervisão dos adultos e muitas festas, um grupo de adolescentes de Bristol, na Inglaterra, tenta descobrir sobre a vida e relacionamentos. A cada duas temporadas, a série vai acompanhar um grupo de amigos diferentes, sendo que cada um deles compõe uma "geração". Na temporada 7, personagens das gerações anteriores retornam para explorar como serão suas vidas enquanto adultos.

Skins foi a primeira série que eu acompanhei de verdade, assisti quando eu tinha cerca de 15 anos e compramos o primeiro computador aqui pra casa, lembro também que morria de medo da mamãe aparecer e me ver assistindo, principalmente por que a série é cheia de "sexo, drogas e rebeldia". Acho que metade dos adolescentes aprenderam ser rebeldes após Skins (rindo) por que o que teve de gente influenciada na época não foi brincadeira, pode parecer bobagem mas se você analisar pela questão psicológica os personagens são muito bem construídos com todas as fraquezas e dramas que carregam, o que faz com que muitos de nós enquanto jovens nos identifiquemos com um personagem ou outro. E ó, eu não somente assisti tudo, como reassisti umas três ou quatro vezes todas as sete temporadas, sou fã mesmo!

4 - Glee



Sinopse: O professor de espanhol Will Schuester (Matthew Morrison) resolve comandar o coral da escola, Glee Club. Tentando dar nova vida ao grupo, ele procura diferentes alunos, populares e nerds, como Rachel Berry (Lea Michele), Kurt Hummel (Chris Colfer), Finn Hudson (Cory Monteith), Quinn Fabray (Dianna Agron) e Brittany Pierce (Heather Morris). Schuester tenta equilibrar a sua vida pessoal, enquanto ensaia com os seus novos alunos, mas logo começa a enfrentar as armadilhas da treinadora Sue Sylvester (Jane Lynch).

Já disse que eu amo musicais? Eu simplesmente amava ver Glee justamente por isso, por ser uma série onde músicas solo se transformavam em algo simplesmente esplêndido ao serem interpretadas pelas belas vozes de um coral. Quando eu soube da morte do ator que fazia o personagem Finn (Cory Monteith) em 2013 e da morte do Puck (Mark Salling) agora no comecinho de 2018, eu fiquei super mal por que amava todos os atores do elenco, inclusive parei de assistir na quarta temporada (ao todo são seis) quando os personagens originais se separaram e o foco ficou nos novos personagens, mas mesmo não tendo assistido tudo amo demais essa série.

5 - The Vampire Diaries



Sinopse: A cidade fictícia de Mystic Falls, na Virgina, é assombrada por criaturas sobrenaturais. Damon (Ian Somerhalder) e Stefan Salvatore (Paul Wesley) são irmãos que ganharam a condição de vampiro e desde então procuram manter sua imortalidade em segredo. Ao mesmo tempo, buscam resistir à vontade de atacar seres humanos. Ambos conhecem Elena Gilbert (Nina Dobrev), uma linda e popular estudante, e logo se atraem por ela. No entanto, a jovem corresponde apenas um dos interessados, e estes iniciam uma disputa por sua alma.

Se tem uma criatura que enche o saco dos amigos falando de zumbis e vampiros essa pessoa sou eu. Confissão da madrugada: Eu só me apaixonei umas 15 vezes por episódio pelo Damon (Iam Somerhalder) e não só por ele, por metade do elenco também (eu tenho um coração muito fácil). Agora uma pergunta pra você leitor: Tu é Stelena ou Delena? Sou Delena assumida! No mais acho o enredo da série muito cativante e fico triste que a série tenha acabado (ao todo são oito temporadas), eu amava todo o misticismo existente na trama, a explicação a respeito da origem dos vampiros, o envolvimento que as bruxas e lobisomens tem no enredo e ainda, o fato de que o Klaus é o mais foda de todos (I'm sorry não tem como não defini-lo de outro jeito) e é um ser misto e muito forte, super recomendo mesmo, mesmo, mesmo!

Quais são as suas séries favoritas de todos os tempos? Temos alguma série favorita em comum? Não esqueça de comentar, adoro saber a sua opinião ♥  Quer sugerir um tema de post para este blog? É simples, basta clicar ali em cima na aba CONTATO e preencher o nosso formulário, vou adorar ler e atender a sugestão de vocês...

Beijos da Mana 

Pin It
2